Novas marcas no concurso Ready To Go - Minas Trend Edição Verão 2017.

Por | segunda-feira, março 28, 2016 Deixe um comentário

Maior concurso mineiro voltado para os talentos criativos de MG chega à sétima edição apresentando coleções para o verão 2017. A chancela é do Sindivest-MG 

A sétima edição do concurso READY TO GO - Investindo no futuro da moda, – será realizada em abril, apresentando as coleções para o verão 2017 de 12 marcas iniciantes, reunidas no estande coletivo do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Minas Gerais (Sindivest-MG), no Minas Trend (4 a 7 de abril).

As estreantes são Caniglia, M’adri, Mollet, Fernanda Farah, Miau, Regina Misk, Ronaldo Silvestre, Benedita e Maddie. Lu Tolentino, Tyyli e Sabor de Hortelã entram pela segunda vez no concurso, uma vez que seu regulamento permite que as grifes participem do mesmo por duas edições.

Idealizado pelo Sindivest-MG e organizado pelo TS Studio, o objetivo do READY TO GO é identificar, capacitar e divulgar novos talentos com potencial, destacando o trabalho dos jovens designers e suas marcas. O processo para conquistar espaço no coletivo começa por uma seleção feita por Terezinha Santos (diretora do TS Studio), ao longo do semestre. Em seguida, as escolhidas passam por uma consultoria da empresa nas áreas de produtos, tendência e gestão.

Como nas outras edições, os participantes do estande serão avaliados por um júri formado por jornalistas mineiros e de fora do Estado, além de formadores de opinião, estilistas renomados, arquitetos, designers e empresários. O vencedor recebe como prêmio um estande cedido pelo Sindivest-MG para participar, individualmente, do próximo MT.

“O diferencial do READY TO GO é que ele lança e divulga novos talentos, além de garantir aos mesmos o caminho da profissionalização. E esse caminho do sucesso não é  só dos premiados. Temos hoje várias marcas dessa nova geração, que estão seguindo trajetórias brilhantes, como a Thays Temponi, Unit 7 e Ammis”, afirma Tereza Santos. 
O projeto conta com apoio da Salamandra Comunicação.

As marcas:

Regina Misk – Estilista: Regina Misk

A marca promove o diálogo entre o moderno e o artesanal, por meio de cores, proporções, volumes e texturas, utilizando as técnicas milenares do tricô e do crochê. Na coleção Flora Brasileira, as peças são inspiradas na rica flora brasileira e as texturas e relevos lembram frutos, como a casca da fruta de conde ou a delicadeza das jabuticabas. As formas são simples e retas. A cartela aposta nas cores quentes como pink, orange, verde-lima, caribean blue. A aplicação de materiais, como acrílicos e metais, conferem um toque moderno e contemporâneo ao trabalho.


Ronaldo Silvestre –  Estilista: Ronaldo Silvestre

Conhecido por suas participações no Dragão Fashion, em Fortaleza, o mineiro Ronaldo Silvestre se inspirou no filme O Piano. Sob a ótica do amor, seus dramas e armadilhas, a coleção é atemporal, seguindo o movimento slow fashion, aliando sustentabilidade ao feito à mão. Tecidos orgânicos e com identidade próprias se unem ao jeans e suas nuances, criando formas e dando identidade única a cada peça. Seda artesanal, jeans, sarjas, estampas geométricas, tons terrosos, chá com mel e preto compõem o trabalho da marca. Em destaque, os tecidos artesanais produzidos no tear mineiro com fios de seda; bordado redendê para flores e sobre estampas; bordados na técnica de renda irlandesa, usando fios de seda artesanal; cirandinha em crochê, com fios de seda artesanal e passantes em jeans.


Mollet – Estilista: Ana Machado

Trazendo cortes minimalistas, que privilegiam a aderência do tecido ao corpo, a coleção Calma (inspirada na letra de Arnaldo Batista) aposta na simplicidade sem ser simplista. O moletom é o personagem principal, unindo o moderno ao casual em uma síntese única. Mesmo quando não aparece, ele está presente, metaforizado por shapes, cores, ou, simplesmente, pela “sensação”.


Benedita – Estilista Camila Torres

A coleção Matamaré investe na técnica do moulage, que valoriza o caimento e o acabamento para compor peças para praia confortáveis e sensuais. As estampas foram desenvolvidas pelo artista plástico Thiago Mazza, que transportou para os tecidos seu universo multicolorido de passarinhos, bichos e plantas.


Caniglia – Estilista Ana Machado

O verão da Caniglia resgata a herança da família Caniglia, originária da cidade de Troína, na Sicília, sul da Itália. O cenário é a Primeira Guerra Mundial e o pós-guerra. A coleção Cavalieri Nobili faz uma releitura dessa história, retomando silhuetas, bordados e formas encontradas no álbum de fotos da família. Os tecidos são linho, viscose, tule e tricô. As formas da arquitetura dos cartões postais da Itália da época inspiraram o bordado geométrico, carro-chefe do trabalho. Os shapes surgem com formas retas e oversized. Tons de pastel, cinza, preto e branco compõem a cartela.


Sabor de Hortelã – Estilista Bruna Bittar

A literatura, especificamente o livro Jardim Secreto do francês Hodgson Burnett, é o tema do trabalho da Sabor de Hortelã, especializada em roupas de festas. A paleta chega com tons alegres e contrastantes como o pink, amarelo, laranja e verde. Rendas florais, bordados de paetês, pérolas e flores remetem à delicadeza e feminilidade da coleção.


Lu Tolentino – Estilista Lu Tolentino 

Pôr do sol, paisagens inspiradoras e ensolaradas da Riviera Italiana, mais especificamente da bela Cinque Terre, são os pontos de partida para o verão da Lu Tolentino. A coleção se destaca pela leveza, fluidez, transparências, recortes, sobreposições, babados e misturas inusitadas de cores. A cartela traz o frescor dos deliciosos gelatos - limone, crema, fragola, papaia e mirtillo. Destaque para os shapes fluidos, enviesados e com bastante movimento, o corpo modelado e com marcações nos quadris. A seda, matéria-prima principal, é usada em diferentes bases. 


M’adri – Estilista Adriana Coutinho

As referências da coleção, que tem como inspiração o amor, são Londres, Milão e Nova York. As camisetas, com estampas exclusivas, vêm recheadas de elementos fun, artsy e românticos e são confeccionadas em tecidos de fibras 100% naturais.


Miau – Estilistas Maria Elisa, Isabel e Helena

As camisetas da Miau surgem básicas, estampadas ou com frases engraçadas. O tema da coleção são as garotas californianas e seu estilo de vida, referendando as diversas tribos da região. Despojamento e casualidade marcam o trabalho, elaborado em malhas macias. Os tons vão do pastel ao preto.


Maddie – Estilista Camila Gontijo

Fios de poliamida de alta torção estão presentes no verão da Maddie. Os shapes, ora justos, ora com aspecto plano, são sensuais e femininos, reinventando-se por meio das moulages, amarrações e trespasses. Os tons da estação entram como detalhes, como composição e também como cor absoluta. A brincadeira com os pantones resulta em modelos bicolores e tricolores, com a energia de tons cítricos e a calmaria dos neutros, nudes e terrosos. O azul aparece em três versões, do turquesa ao marinho. O acabamento a fio também está presente.


Tyyle – Estilista Ligia Lapertosa

O nome da coleção é Bucolismo Moderno, misturando o urbano com o estilo campestre romântico. O estilo é descontraído, apoiado na feminilidade. A estampa vintage, inspirada em papel de parede com florzinhas, surge com efeito descascado. Babados e faixas representam a mulher romântica, feminina e delicada.


Fernanda Farah – Estilista Fernanda Farah

Lugares chiques e misteriosos inspiram a estilista na escolha de cores, tecidos e estampas. Para o verão 2017, Fernanda Farah buscou esses locais especiais que visitou, introduzindo tecidos e malhas diferenciadas. As flares com t-shirts de algodão e sedinha compõem o mix de looks apresentados pela marca na estação. O diferencial é fornecido pelas cores, couros, rendas e pelas mesclas de tecidos, como o algodão, elastano e seda, Destaque para os detalhes das peças - fendas, zíperes e ilhoses. Na cartela, o branco e o off white jogam com os tons coloridos.

Fonte: Salamandra Comunicação