Novos talentos no concurso READY TO GO edição Inverno 2015 – Investindo no futuro da moda.

Por | segunda-feira, setembro 29, 2014 Deixe um comentário

Concurso tem a chancela do Sindivest-MG, com realização do TS Studio e apoio do Sebrae, com objetivo de premiar os talentos criativos de Minas Gerais.

O concurso READY TO GO - Investindo no futuro da moda -, reconhecido nacionalmente, chega à sua quarta edição com muitas novidades, entre elas uma exposição fotográfica das criações dos estilistas participantes na Praça da Liberdade e na Mares, loja multimarcas de Belo Horizonte.

Idealizado pelo Sindicato das Indústrias do Vestuário de Minas Gerais (Sindivest-MG) e realizado pelo TS Studio, seu objetivo é identificar, capacitar e divulgar novos talentos com potencial, destacando o trabalho dos jovens designers e suas marcas e oferecendo aos selecionados a possibilidade de participarem de um estande coletivo do Sindivest-MG, hospedado durante o Minas Trend.

As escolhidas passam por uma consultoria do TS Studio nas áreas de produtos, tendência e gestão. Como resultado da curadoria realizada por Tereza Santos (diretora do TS Studio), participarão dessa edição as marcas La Pen, RM – Raquel Mattar, Mix’ Match, TT, Badu, Tweed, Heaven, Áurea Lúcia, L’amitié, Ana Dapieve, Tule e Chari.

Os participantes serão avaliados por um júri formado por jornalistas mineiros e de fora do Estado, além de formadores de opinião, estilistas renomados, arquitetos, designers e empresários.

“O READY TO GO é um projeto cujo cerne é preparar as empresas que têm em seu DNA o espírito criativo da moda. Consiste em ajudar esses jovens empreendedores a se introduzirem neste mercado extremamente competitivo, colocando-os no mesmo nível daqueles que já atuam nele”, explica Michel Aburachid, presidente do Sindivest-MG e grande entusiasta do concurso.

“O diferencial do READY TO GO é que ele não só lança e divulga novos talentos, mas garante a eles o caminho da profissionalização. E esse caminho do sucesso não é só dos premiados, temos hoje várias marcas dessa nova geração, que estão seguindo trajetórias brilhantes, como a Thays Temponi e a Ammis”, afirma Tereza Santos.

O concurso já foi responsável pela ascensão profissional de marcas como a Llas (também ganhadora do último Hot Spot), Anne est Folle, Lucas Magalhães e Grama, vencedora na edição de abril 2014. “Tivemos grande destaque na mídia. Tudo isto está nos ajudando a abrir muitas portas”, enfatiza Ana Sudano, responsável pela empresa.

A importância do projeto na revelação de novos talentos para o mercado possibilitou, inclusive, que Lucas Magalhães, Anne est Folle e Jardin fossem convidados para integrar o line up dos desfiles, da próxima edição do Minas Trend, entre 7 e 10 de outubro.

EXPOSIÇÃO - A novidade, desta vez, é que o READY TO GO extrapolará os limites do Expominas e invadirá a cidade com uma exposição ao ar livre com fotos das criações dos estilistas, na Praça da Liberdade. O projeto expográfico do arquiteto Alexandre Rousset (que também assina o espaço do estande coletivo) lançará mão de sete containers marítimos com 6m de comprimento e 2,85m de altura, no qual serão anexadas as fotos clicadas por Weber Pádua. A programação visual é da Greco Design. A mostra conta com o apoio do Sebrae.

Dentro da mesma proposta de divulgar o trabalho dos designers, está programado, na multimarcas Mares, o lançamento do livro Bloom Brasil, da pesquisadora holandesa Li Edelkoort, da Trend Union, grande especialista das tendências e uma das mulheres mais influentes no momento no mundo da moda e design, com presença de Lili Tedde, designer paulista, representante da Trend Union no Brasil, que virá prestigiar o READY TO GO e os novos criativos da moda de Minas. As criações dos novos designers serão expostas nas vitrines e no interior da loja durante toda a semana.

MARCAS PARTICIPANTES CONCURSO READY TO GO:



ANA DAPIEVE

A primeira coleção inverno 2015 é inspirada no lifestyle de Ana Dapieve e seus looks autorais. O resultado dos seus desejos, vontades e vivências. Com sofisticação, fluidez e feminilidade, a marca traz modelagens largas e justas, como mangas volumosas, saias e batas fluidas, calças skinny, jaquetas estruturadas, casacos abertos e tops. A cartela passa pelas cores neutras, que vão do preto ao branco, passando pelo cinza, off white e nude. Os tecidos utilizados foram seda, camurça, veludo, renda, tricô e couro.



ÁUREA LÚCIA

O pôr-do-sol, suas cores e reflexos são o ponto de partida para a coleção Golden Hour: um inverno leve, elegante, e confortável. Uma pitada do mood 70’s, tanto na alfaiataria quanto no jeanswear, define o shape através da cintura alta, calças flare, modelagem solta no corpo, comprimentos max dos coletes e maxi e cropped das jaquetas.

A alfaiataria e seus tecidos estão presentes: jacquard, linho, gaze de seda, chiffon de seda.

Matérias-primas sustentáveis fazem parte do DNA da marca e chegam na camisaria e blusas produzidas com a seda misturada ao pet reciclado. A cartela de cores apresenta os tons e os contrastes do pôr-do-sol com azul denim: branco, off white, natural, dourado, vinho, marinho, terrosos e preto.

Na estamparia, base com fundo escuro de viscose e desenho floral.

Os metais e etiquetas também foram desenvolvidos a partir do design de relógios, móveis e bijuterias dos anos 70.

A coleção jeanswear apresenta modelagens skinny, flare, boyfriend sarouel e moletom. Jaquetas, camisas, shorts e saia completam o mix. As lavagens são o grande diferencial: nesta estação, foram explorados o amaciado, destroyer, o used e puídos. Os tons incluem os delavês, manchados, azuis, azul profundo, vermelho bordô, terrosos e pretos.



BADU

O nome da coleção é Twiggy Tribute. As referências dos anos 1960 estão nas peças acinturadas, com shape estruturado: calças, saias, vestidos, blusas.
Os tecidos usados são renda, seda, crepe, jérsei, moleton, jeans e tule e a cartela de cores explora rosa seco, azul claro, branco, preto, cinza, vermelho bordô. Entre os detalhes, destacam-se as aplicações bordadas de linha no moleton e no crepe; bordados manuais com brocados; tules bordados; muitos recortes; jeans devorê e estampa exclusiva.



CHARI

De um projeto bem-sucedido na faculdade ao desejo de inserir produtos com um design diferenciado no mercado, nasceu a Chari, uma marca mineira de camisetas criada pela designer de moda Mariana Barros e pela artista plástica Susana Barros.

Ambas apaixonadas por arte e moda, decidiram produzir peças com modelagens e estamparia exclusivas, que dialogassem com todo tipo de mulheres e estilos.

A série de estampas preparadas para o inverno 2015 fala de ícones e figuras recorrentes do nosso dia a dia, algumas ilustradas com preenchimentos extremamente detalhados, desenhados à mão. Outras são formas simples que, juntas, criam imagens ou fazem um jogo de positivo/negativo, compondo outro desenho somente com um contorno e o fundo da camiseta.

Em todas elas, é possível perceber a forte identidade da marca, que trabalha a profusão de cores das estampas com a base da malha branca, preta ou mescla das peças. As modelagens novas para o inverno aparecem com detalhes diferenciados, que conseguem transformar uma simples camiseta em peças únicas e cheias de estilo, caracterizando o diferencial da marca.


HEAVEN

Cartas, diários de viagem, ensaios, poesias constituem um conjunto de informações imprescindíveis à contemporaneidade. A coleção de inverno 2015 da Heaven se inspirou nesse universo de relatos tão importantes à nossa história.

Desenhos únicos são decorados por bordados preciosos minuciosamente localizados, detalhes sutis aplicados em tecidos nobres se contrapõem à leveza das rendas em uma atmosfera viva e delicada, compondo, assim, novas formas e novas propostas que ilustram a nova estação.

Georgete, cetim e tweed são coordenados com tecidos espessos, como couro e moletom, em um mix que recria looks surpreendentes. O jogo do pesado com o leve define o equilíbrio da silhueta feminina.

Tecidos nobres, fluidos ou estruturados, surgem pintados em tons de azul, preto, cinza e nude. Para as rendas, os tons invernais dão ritmo à coleção com suas cores intensas.

Reflexos metálicos e brilho dão vida às peças da coleção, imprimindo personalidade às mesmas.



LA PEN

Detentoras de poder, as coroas remetem a um sentimento de invencibilidade. Através dos séculos, o caráter épico do objeto traz consigo o discurso de legitimidade. A coleção inverno 2015 da La Pen, intitulada Korone, ecoa em seus bordados e

texturas todo o luxo e exuberância das monarquias. A feminilidade e força das mulheres coroadas se faz presente nas peças.

A modelagem estruturada dos vestidos se funde com a musseline e o cetim de seda. A

nova coleção explora bordados em pedrarias feitos à mão, texturas e rendas. Tons de

azuis, verdes e preto se contrapõem ao rose, brancos e off white.



L’AMITIÉ

A versatilidade, o estilo andrógino e unissex aliados ao elemento sexy/chique, que compõe o DNA da marca, foram as principais inspirações para a criação do inverno 2015 L’amitié. Peças tradicionalmente masculinas, como o smoking, o macaquinho e o colete em versões femininas, com shapes mais modernos e ousados, se destacam. O jeans e a parte da camisaria também aparecem nesse conceito.

O brilho e o bordado surgem nos moletons e vestidos de malha fazendo um

mix de sofisticação, glamour e conforto.

A sobriedade e o ar dramático da estação são trazidos pelas silhuetas das flores

na estampa juntamente com as cores utilizadas - vermelho, preto e branco, tons que podem ser observados em toda a coleção, acrescentando ainda o azul royal e rosa sangria.

Colarinhos bordados, botões dourados e zípers ganham destaque nas peças.

Saias e vestidos são vistos em comprimentos mini e midi, em formas evasês

e justas. As mangas também ganham importância com babados e formatos em

boca de sino.


MIX’N MATCH

A Mix’n Match apresenta para o inverno 2015 uma coleção inspirada em Las Vegas, com muito requinte e irreverência. A peça-chave continua sendo a t-shirt, que, desta vez, vem com modelagem ampla e bastante despojada. Para completar o mix de produtos, a estilista Laila Porto criou vestidos longos, tubinhos e wrap dresses, apostando na força do seu jérsei. Desenvolveu ainda saias midi e

poderosas flares, a partir da sua malha mais encorpada, já consagrada em outras coleções.

Para compor a cartela de cores, Laila Porto explorou tons de azul, que vão do marinho ao azul claro seco, e uma transição do café ao rosa claro seco, além dos básicos, porém atuais, preto, branco e mescla.

Os destaques da coleção são as estampas feitas com técnicas diferenciadas e os bordados à mão, o que torna as peças únicas e exclusivas.



RAQUEL MATTAR

Impactos preciosos é o tema do inverno 2015 RM - Raquel Mattar. O tema foi definido a partir do impacto causado entre as duas estampas exclusivas da coleção: Blend e Blossom, que significa florir, florescer. Essa família é delicada, feminina, chique e clássica, como as flores escolhidas para expressá-la. Em contrapartida, a estampa Blend, que a complementa, dando personalidade à marca, possui elementos invernosos, barrocos e reais, com uma pegada rocker, moderna e ousada.

Na família Blend sobressaem o off white, preto, vinho, verde espectro e marrom; na Blossom, o off white, preto, nude e pink.

Tecidos elegantes, como seda pura, couro, renda, tweed, malha, neoprene, predominam. A alfaiataria é um ponto forte.

Todas as peças são sempre trabalhadas com muito cuidado e perfeccionismo com relação ao desenvolvimento e acabamento, primando pela alta qualidade, característica da marca. A identidade é garantida por estampas exclusivas, bordados, rendas. As camisas de seda se destacam.

Trabalhos inusitados, como bordados sobre couro e bordados com linha, extremamente delicados, diferenciam a coleção. Outra atração é a mistura de tecidos, que cria um efeito 3D, usando uma das estampas exclusivas.



TT

Um clima gypsy, uma pegada boho, modelagens com influências das décadas de 1960, 1970 e 1980. Mix de padronagens e texturas. Composições que saem da areia e incorporam produções urbanas – ou noturnas.

A coleção [A]Maré, da TT, nova marca da designer Tetê Vasconcelos, surge com energia jovem, desfilando um beachwear casual, num clima de luxo despretensioso.

Além das peças clássicas, propõe combos contemporâneos e frescos, onde não faltam os maillots, croppeds, tops, hot pants, chemise, saia longa, kimonos.

Os detalhes são preciosos: bordados com tachas, pedras, moedinhas, metais em forma

de pirâmides, búzios, franjas de tecidos. Rendas e babados são outros elementos usados na coleção.

A ordem é misturar tudo com ousadia para conseguir um resultado ora com cara rocker, ora com cara hippie/gypsy, ora com leve conteúdo romântico.

O jogo do revela-esconde está presente em todo o trabalho por meio de uso de tiras em pontos estratégicos das peças, como laterais, decotes, costas

As estampas metamorfose, zig zag p&b, e jaguar dão exclusividade à coleção. As cores são preto, naturale, roxo, laranja, botanique.

As texturas são um dos pontos fortes da coleção. Cada desenho, cada estampa, vem em tecido específico, além dos que têm valor agregado com alta tecnologia dos fios. Entre eles, o fluity e o light em fio Amni Rhodia; lumina, com o fio Lycra Extra Life em sua composição com um brilho sutil elegante; velvet, um veludo próprio para praia; gouffre com relevo em textura de escamas; tule Deluxe, levíssimo; Square, tipo um jacquard. Renda e tricô compõem o mix.



TULE

Uma coleção de vestidos urbanos e joviais, shapes simples, estampas geométricas e mistura de texturas traduzem o espírito versátil da Tule. As silhuetas retas e linha A refletem as conquistas do guarda-roupa feminino na década de 1960. Destaque para a chemise, o shirt-dress e os vestidos fluidos e superfemininos, atualizados através de estampas e detalhes modernos.

As estampas de gravataria, vindas do armário masculino, formam círculos orgânicos com inspiração construtivista e a repetição e precisão criam composições no estilo art deco. A fênix aparece como símbolo de força e renovação e ganha releitura gráfica aplicada de diferentes maneiras.



TWEED

O nome da coleção é Concret Jungle e o tema são as grandes metrópoles, como Nova York. Calças, saias, camisas, blusas, conjuntos, vestidos, casaco foram elaboradas em couro ecológico, tweed, malha crepe, crepe georgete, renda, tule, malha, malha neoprene, malha suede, moletom, crochê.
A cartela aposta no vermelho, vinho, bordô, branco, preto, cinza mescla, caramelo.

Detalhes em renda, couro, acabamentos manuais, tornam as peças sofisticadas, modernas e exclusivas.

Fonte: Salamandra Comunicação.