Bureaux de Tendências Inverno 2010

Por | terça-feira, janeiro 26, 2010 Deixe um comentário
Cada caderno de tendências utiliza sua linguagem própria para descrever temas e cores, cabe à nós profissionais de moda, pesquisar e comparar com a nossa realidade de mercado, identificando assim aqueles temas que serão a ponte de comunicação com nosso público alvo. Desse modo poderemos ser mais acertivos em nossas coleções, nossas apostas, nossas compras e consequentemente nossas vendas. Faz parte do seu e do nosso universo as constantes pesquisas que nos levarão à esses resultados. Por isso apresentamos aqui alguns dos cadernos mais interessantes e diretos, que encontramos ao longo da nossa pesquisa de trabalho para esta estação, cadernos com excelentes referências ilustrativas que ajudarão a visualizar o que vai ser moda e “babado” rsrs neste Inverno 2010.

Como em toda estação, para o Outono Inverno 2010 também vimos de tudo, mas não fique confusa: as coleções estão no bom caminho.

O Instituto Europeu Trend (ETI) atirou para o ringue os seus quatro principais olhares para as mulheres no mês mais frio de 2010. São eles:

Da esquerda para direita: Realista, Sensível, Magica e Expressiva. .
Realista
O urbanismo prevalece. Inspirações vêm de estruturas minerais. Reflexos difusos metálicos proporcionam um brilho moderno. Os tecidos são finos e compactos. Sobreposições espessas moldam as silhuetas. Padrões gráficos têm um visual mais suave e se repetem mais vezes. Seda e Jersey dão um contraste no look feminino. Cristais, metais e ornamentos envernizados conferem um espetacular visual “deco” às peças.

Sensível

A natureza transmite suavidade. Tal como a preciosa plenitude da pele, tecidos de alta qualidade criam volumes confortáveis. Brilhos e tons empoeirados fornecem a base para fortes contrastes superficiais. Casacos de pele e crepes leves, semi-transparentes, dão ao look um ar elegante e sensível. Um forte foco é colocado à mistura visual e às cores brilhantes. Tons pastéis são vistos em veludos suaves. Rendas são colocadas nas peças para dar-lhes um ar sensual e agradável.

Mágica

Misteriosas florestas estão cheias de criaturas surpreendentes. As penas das aves, as pinturas em peles de animais brincam com uma paleta de calorosos tons castanhos e verdes. Acessórios autênticos exprimem um espírito descontraído. Algodão orgânico e eco-friendly têm grande prioridade nessa temática. Algodões com estruturas trabalhadas no denim geram contraste com o veludo. Voltam as padronagens escocesa e canadense com um jogo de efeitos. Estampas de animais também se fazem presentes.

Expressiva

Na era da internet, a amostragem de culturas e influências artísticas é simplesmente uma “brincadeira de crianças”. Folk, hippie e artesanato causam um fluxo de valores e expressões. Com a estimulação multicolorida, uma série de cores são impulsionadas. Associações em desuso de frio e calor contrasta produzindo tensões e novas cores. Tweeds multicoloridos e tecidos tingidos em novas cores e tons são fabricados com um ritmo acelerado. Fios reciclados geram efeitos aleatórios. Estampas folk e neohippies mostram as suas cores. Denim ultra-leves, porém resistentes e coloridos são ideais para aqueles que tem espírito esportivo.

Uma das influências mais importantes para o Outono Inverno 2010 é a volta ao estilo dos anos 80′.
Todas as coleções outono inverno 2010, têm sido muito coloridas, incluindo cores néon como laranja, rosa, azul cobalto, tons de verde e amarelo, violeta e vermelho. O que não vai causar um choque tão grande à saída deste verão arco-íris pelo qual estamos passando...

Marc Jacons, Calvin Klein e Michael Kors

O couro tem um grande retorno na próxima temporada, tanto com calças, saias ou casacos.
Os ombros são marcados (sem dúvida esta tendência é inspirada nos ’80s), e torna a cintura mais reduzida. A silhueta atemporal será uma das opções para este inverno 2010.

As botas de cano alto parecem ser uma das grandes tendências.

As impressões estão ainda em voga, muito preto e branco com desenhos abstratos.
Os estilistas jogam com as proporções, contrastes, texturas e linhas para criar uma figura perfeita.


Anos 80: eles continuam até o ano que vem. O símbolo máximo são os ombros quadrados e super marcados. Os babados e volumes localizados, as cores vibrantes, as meias semitransparentes e os micro comprimentos completam o revival.
Referências: Marc Jacobs, Marc by Marc Jacobs, Alexander Wang, Phi, Topshop Unique, Julien Macdonald, Issa, Gianfranco Ferré, Gucci, Versace, Balmain, Martin Margiela, Givenchy, Hussein Chalayan, Karl Lagerfeld, Chloé.


Marc Jacobs, Topshop Unique e Balmain

Futurismo: o clima sci-fi também permanece por mais uma estação. Cores metalizadas, formas geométricas e arquitetônicas são os elementos.
Referências: BCBG, Jonathan Saunders, Max Azria, Rodarte, Calvin Klein, Giles, Louise Goldin, Rue du Mail, Nina Ricci.


Nina Ricci, Rodarte e Louise Goldin

Nova Elegância: peças atemporais e de alfaiataria, padronagens clássicas (pied-de-poule, espinha-de-peixe), um certo ar anos 40, saias lápis, vestidos ajustados e nos joelhos, cintura marcada e casacos-vestido. Elementos para um guarda-roupa infalível.
Referências: Peter Som, Michael Kors, Ralph Lauren, Prada, Balenciaga, Stella McCartney, Christian Lacroix, Alexander McQueen, Yves Saint Laurent, Lanvin.
Michael Kors, Lanvin e Prada

Transparências e rendas: o jogo de esconde-mostra volta com força, em clima minimalista ou boudoir, incluindo lingerie à mostra sob jaquetas e vestidos.
Referências: Thakoon, Doo.Ri, Salvatore Ferragamo, Azzaro, Lanvin, Ungaro, Viktor & Rolf, Chloé, Balenciaga, Louis Vuitton, Chanel, Stella McCartney, Miu Miu.
Miu Miu, Stella McCartney e Doo.Ri

Militar: as jaquetas e chapéus lembram muito mais o “Soldadinho de Chumbo” do que a indumentária do exército.
Referências: Temperley, Y3, Luella, Paul Smith, Pollini, Kris van Assche.


Luella, Paul Smith e Pollini

Surrealismo: uma visita ao trabalho de Elsa Schiaparelli com estampas e desenhos divertidos e acessórios bizarros.
Referências: Isaac Mizhari, Thakoon, Catherine Malandrino, Dolce & Gabbana.


Catherine Malandrino, Isaac Mizhari e Dolce & Gabbana

Cores: preto, cinza, azul noite, verde escuro, pink, vermelho, laranja, amarelo, dourado.
Behnaz Sarafpour, Givenchy e Louis Vuitton

Acessórios: colares exagerados e super elaborados, plataformas e salto grossos, e as botas-meias, o fetiche da temporada.
Lanvin, Prada e Stella McCartney

A moda "esquece" de certos estilos e peças de roupas por algum tempo... mas quando lembra...sai de baixo!É o que está acontecendo com os babados, nunca se viu tantos nos
desfiles do Fashion Rio e também no São Paulo Fashion Week, já os vimos nos desfiles internacionais dos mais simplesinhos até os mais elaborados...Babados representam( também!) um estilo que é tendência neste inverno 2010,o estilo dandy!

Dandy agora é definitivamente uma tendência feminina. É uma mistura de alfaiataria acentuada e roupas masculinas estereotipadas, mas todas cortadas para acentuar o corpo feminino.
Como o decadente Charles Baudelaire, um destaque do dandismo, é um estado de espírito de uma pessoa que "eleva a estética a uma religião viva".Agora ,esse dandismo é associado a um luxo inglês,uma "linha aristocrática com uma certa nonchalance,uma paródia...,uma crítica."

Os elementos-chave deste tema:

Gola alta;

Blusas com babados e plissados;
Jaquetas cropedd;
Casacos e coletes acinturados;
Casacas e fraques;
Jodhpurs;




Looks de Jill Stuart, Abaete e Rag & Bone
Broches são uma das melhores formas para "interpretar" um dandy, mas para um dandy "perfeito" você precisará procurar um broche que é ligeiramente maior do que a maioria dos feitos para as mulheres.Prefira os broches masculinos e grandes!

Outras duas ferramentas de tendência para Outono/Inverno 2010 com cartela de cores foram disponibilizadas pela Fashion Snoops. Uma delas é referência as heroínas do Hitchcock, que trazem a austeridade e elegância dos anos 40.
HITCHCOCK
Austeridade e elegância dos anos 40 emulada principalmente pela Prada e Lanvin. A mulher heroína de saia de lã influenciada pela Segunda Guerra Mundial. Jaquetas com cintos e detalhes com ombros exagerados e lapela tipo xale são muito importantes.Cores: Tons camel dominam a cartela com uma dose de preto e cinza bem masculinoAcessórios:Bolsas estruturadasLuvas de direçãoPérolasPele de crocodiloChapéu largo de brim.
RENAISSANCE
A outra, embora uma tradução literal de combate à economia se aproxima, é apresentada como uma guerreira estética, Joana d’Arc volta a cena com uma dose de Robin Hood. O look é medieval ao ponto de ter placas nos bustos, peles e amplas lãs como aquelas armaduras. A visão do look medieval do vestido de tiras de couro da Prada é particularmente impactante!Cores:Tons de terra e floresta se reúnem no Brasão de Armas arraigada terra e da floresta cores se reúnem em um heraldic Brasão de Armas. Cereja, verde oliva profundo e tons neutrosPeças chaves:Calças skinny com estética equestreCardigans aconchegantesBotas na altura dos joelhos.

Com todas estas dicas, não erre a mão e curta o inverno com todo estilo e elegância que ele proporciona .

Fontes de pesquisa: Diversos sites e blogs via google em " tendências de moda outono/inverno 2010"