A coleção verão 2016 da grife mineira DBZ Jeans - Nômade Denim promove uma viagem repleta de elementos multiculturais e referências étnicas. Enquanto o streetwear celebra o jeans, a linha casual traz elementos luxuosos que podem levar a mulher do ambiente corporativo para a balada descolada. A grife convidou novamente a top Shirley Mallmann para personificar o catálogo por traduzir o espírito sofisticado da nova coleção. 
Os prints exclusivos da marca vêm com tudo nesta temporada. Destaque para o étnico, que traz muita personalidade para as peças. O zebrado e o floral artsy possibilitam composições inusitadas. O jeans, a seda, o chiffon e o jacquard foram os materiais escolhidos para compor os modelos queridinhos da estação. Com uma cartela de cores vibrantes, a marca traz sofisticadas produções em tons de laranja, amarelo, ouro, verde, azul, pink e marsala. O clássico P&B faz o contraponto da paleta. 

As peças oversized, croppeds, saias e vestidos rodados são as grandes apostas da coleção. A calça âmbar, com cintura super alta, promete ser o hit da estação. Para dar ainda mais sofisticação para as peças, a grife abusou dos bordados com recortes a laser, aplicações e fendas poderosas.

Cidadãos do mundo, os nômades levaram sua rica tradição e estilo viajante para a nova temporada. O volume e fluidez das peças, assim como os lavados, sobreposições e estampas com pegada gypsy, personificam a mulher contemporânea que viaja para conhecer novas culturas.

Benedita Comunicação.

 A delicadeza, sensibilidade e poesia das primeiras obras do pintor impressionista Pierre-Auguste Reonir, são as inspirações para a grife mineira CAJO compor a sua coleção de verão 2016 - Les Arts Renoir. Nascido em Limoges, na França, o artista é um dos principais nomes do Romantismo. No clima sofisticado da estação, a marca escolheu a atriz Marina Ruy Barbosa, símbolo de beleza e elegância, para estrelar o conceito do catálogo.
Para criar o ar puro e alegre, característicos do período, a grife apostou em estampas exclusivas como buquê de flores e arabescos, além de expressões artísticas do pintor. Destacam-se também os bordados em alto relevo feitos à mão e a utilização de técnicas como o desenvolvimento de palas de laser, modelagem simétrica e mix de pedrarias.

Tecidos nobres, rendas, jacquard, tules e bordados transparentes foram os tecidos eleitos para levar sofisticação e sensualidade para a coleção. Na cartela de cores, predominam as cores adocicadas como rosa nude e o amarelo, inspiradas especialmente nas porcelanas pinceladas por Renoir. Tons intensos como rosa pink, azul, preto, coral e dourado fazem o contraponto da paleta.

Elegante, a temporada traz peças de comprimento midi, pantacourt e vestidos no melhor estilo lady like. As técnicas de desenvolvimento de palas de laser, modelagem simétrica e mix de pedrarias garantem que seus modelos se tornem únicos.

Os shapes soltos marcam presença na linha casual chic, já os mais ajustados ganham destaque na moda festa. Entre os hits da coleção, destacam-se o kimono de print floral botânico e o vestido westchic com recortes a laser.

A grande novidade da estação é o lançamento da linha CAJO por Carol Caetano que conta com peças exclusivas e modelagens sofisticadas, assinada pela diretora de estilo da marca. Com edição limitada, a nova aposta da grife é composta por vestidos de festa com trabalhos em handmade, ideal para ocasiões especiais.

A CAJO propõe uma volta ao impressionismo e traz para o seu verão toda a delicadeza e romantismo das obras de um dos maiores artistas da época. Les Arts Renoir é composta de uma beleza estonteante e ao mesmo tempo sutil.

Fonte: Benedita Comunicação.


A leveza e a sensualidade da mulher receberam interpretações inusitadas por meio da fauna e flora brasileira na coleção verão 2016 da grife mineira RM – Raquel Mattar. O conceito orgânico se revela em peças que traduzem os momentos da vida da mulher sofisticada, segura e dinâmica, que se mantém elegante em todos os momentos do seu dia a dia.

Para a temporada, a marca criou prints exclusivos que dividem a coleção nas famílias Rio, Scarf e Aquarela. A cartela de cores segue o mood das linhas. Enquanto a Rio traz tons de rosa, off white e preto; a Aquarela aposta no azul, verde água e amarelo. Laranja, rosa, off white e preto são as cores predominantes da paleta da Scarf.

Os cortes leves e fluidos aparecem nas peças em crepe de seda, mousseline, renda e georgette. A variedade de tecidos, recortes e bordados revelam o espírito jovem e contemporâneo que traduzem o DNA da marca. Hit da coleção, o vestido longo com fendas é a grande aposta da estação.

Bolsas, clutches e porta cartões de python são desenvolvidos a cada coleção, em diferentes cores vibrantes para compor as peças do vestuário. Os assessórios são complementos perfeitos para arrematar o visual sofisticado.




O mundo pede leveza. A grife mineira Arte Sacra buscou inspiração na beleza delicada e atemporal dos templos budistas para criar a coleção verão 2016 - Joy. Seus bordados suntuosos, estampas exclusivas e cores imponentes fazem um convite à contemplação. Com diferentes aplicações e mix de materiais que revisitam as décadas de 50 e 70, a marca investe na elaboração de preciosos detalhes para tornar seus looks únicos.

Alegre, romântica e nostálgica, a temporada traz shapes que vão do vestido em coluna à saia flauta, passando pelo cropped, cintura marcada e tomara que caia. Hit da coleção, o slip dress revela o mood da estação. Na cartela de cores, predominam as cores vibrantes, com destaque para o vermelho, pink e laranja. O contraponto da paleta aparece nos tons leves de azul fly e aspargo.

Arte Sacra Twins - La Nuit Blanche Noir


“Sim, somos iguais, mas temos pequenas diferenças”. Para o verão 2016, a coleção Twins surge mais uma vez trazendo frescor para a moda festa. Com o nome La Nuit Blanche Noir, suas peças evocam conforto, despojamento e naturalidade. Os tecidos naturais e as formas fluidas fazem um convite para celebrar a liberdade.



A grife mineira Cleo buscou inspiração na pluralidade da cultura peruana para criar a coleção verão 2016 – Caminhos Andinos. A marca traz peças que unem o estilo urbano às nuances da arquitetura peruana com conceitos contemporâneos e sofisticados. Destaque para os trabalhos artesanais e referências culturais que abusam da geometria, franjas e tecidos rústicos. Os bordados étnicos e estampas exclusivas fazem um convite à contemplação.

Moderna e recheada de cores, a temporada traz de vestido evasê inspirado nos anos 60 à saia lápis, passando por calças pantalonas e amplas túnicas. Hit da coleção, a pantacourt em estamparia única revela o mood da estação. Colares e cintos são complementos perfeitos para arrematar a produção.

Entre as tendências, sobressaem os bordados e aplicação de patchwork. Rendas, franjas e pedrarias realçam as peças, que apresentam shapes mais soltos para garantir conforto e elegância. Na paleta de cores predominam os tons vibrantes, com destaque para o laranja, anil, páprica e esmeralda contrastando com bege, carvão e preto.

Ficha técnica:
Coordenação geral: Cleo Carvalho
Estilo: Rose H
Assistente de estilo: Elaine Mariano
Direção de arte e design gráfico: MOOD / Leo Gomes
Fotografia: Márcio Rodrigues - Assistente: Rodrigo Bethônico      
Styling: Inês Yamaguchi - Assistente de Moda: Hérika Ishii
Fashion film: Paulo Raic - Assistentes: Thiago Caixeta e Carlos Queiróz
Beauty: Jô Martins
Modelo: Vanessa de Assis
Assessoria de imprensa: Benedita Comunicação

Coleção - Perlage

A beleza e o poder de sedução de Zelda Fitzgerald, escritora conhecida como a primeira melindrosa americana, serviram de inspiração para a grife mineira Kalandra criar sua coleção verão 2016. Ícone da década de 20, Zelda se destacou durante a Belle Époque, período marcado pela ostentação e efervescência cultural. Depois do sucesso do primeiro romance do seu marido, F. Scott Fitzgerald, o casal ganhou destaque na mídia e passou a ser conhecido como símbolo da Era do Jazz e das festas agitadas. Influenciada pelo espírito audacioso da época, a Kalandra traz para a temporada peças luxuosas e sofisticadas que vestem a mulher independente e madura, como Zelda. Perlage, efeito da borbulha do champagne, foi o nome eleito para representar a coleção pelo fato de evocar o clima festivo e glamuroso vivido tão intensamente pelos Fitzgerald.

Para a estação, a grife apostou em uma cartela de cores fortes. Tons de rosa fúcsia, verde água, coral, vermelho, azul carbono, verde esmeralda, rosa antigo e metalizados são destaques da paleta. As rendas, pedrarias, jacquard, tule e tecidos fluídos foram os materiais escolhidos para levar feminilidade e elegância para as peças.

No melhor estilo O Grande Gatsby, sucesso de F. Scott Fitzgerald, os vestidos ganharam franjas e brilho, remetendo aos momentos de lazer e diversão da era dourada. Já os decotes assimétricos, hits da coleção, desenham a sensualidade das mulheres de personalidade.

Especializada em moda festa, a Kalandra oferece em seu mix, opções clássicas e atemporais para todo tipo de celebração. Entre os modelos estão os vestidos para ocasiões festivas e noturnas; além das opções para momentos mais informais, não menos elegantes. A linha Luxo, lançada na última temporada, conta com vestidos minuciosamente bordados com detalhes elaborados e exclusivos.



arte sacra | verão 2016 from paulo raic on Vimeo.

A grife mineira Arte Sacra | Coutture,  especializada em moda festa, convidou a Princesa Paola de Orleans e Bragança para protagonizar o catálogo da sua nova coleção. Paola já criou um vínculo especial com a grife. Além de usar roupas da Arte Sacra, ela é presença constante em eventos da marca. Dessa vez, a Princesa emprestou todo o seu talento como modelo para estrelar a campanha e dar continuidade à parceria com a label. Para o verão da Arte Sacra, a modelo foi clicada pelo talentoso fotógrafo Weber Pádua. O fashion movie ficou a cargo do Paulo Raic e Carlos Queiroz. Com direção executiva da Benedita Comunicação, o styling foi assinado por Lucio Fonseca e direção de arte de Uiara Andrade. 


Créditos:
Fotógrafo: Weber Pádua
Fashion Movie: Paulo Raic e Carlos Queiroz
Direção executiva: Benedita Comunicação
Styling: Lucio Fonseca
Direção de Arte: Uiara Andrade
Beauty: Luiz Bicalho e Theodoro Remigia



A cantora e atriz Mariana Rios acaba de lançar seu primeiro videoclipe do EP com quatro músicas. Para estrelá-lo, a bela escolheu várias produções da grife mineira Frutacor, marca com a qual já tem uma forte relação. No ano passado, ela assinou uma coleção cápsula para a Frutacor repleta de arabescos e prints inspirados nos mosaicos e artesanato do Uzbequistão. Os vestidos usados no clipe foram feitos exclusivamente para Mariana.

Este é o primeiro clipe da carreira de Mariana como cantora com a música “Reach Me”, composição dela com produção de Rick Bonadio. Multifacetada, a artista concilia o trabalho de atuar e cantar com o de dançarina no musical “Memórias de um gigolô”, de Miguel Falabella. O espetáculo está em cartaz, em São Paulo.


A grife mineira Divina Pele convidou novamente a modelo internacional Rhayene Polster para personificar o catálogo de verão da marca. Durante idas e vindas entre Europa e Estados Unidos, a top paranaense desembarcou em Belo Horizonte para ser clicada pelo fotógrafo Weber Pádua, um dos mais requisitados nomes do mundo da moda e da cultura. O styling ficou por conta de Aline Meni e beleza de Jô Martins. Sob produção de Luciana Nacif, a campanha contou, ainda, com making of e fashion movie produzidos pela Studio 3k.

Para a temporada, a Divina Pele se inspirou na pluralidade cultural e étnica. As savanas africanas e elementos marcantes da fauna e flora brasileira são o grande destaque da estação. Os cortes a laser surgem em modelos inovadores que recebem aplicações artesanais propondo um mix entre o tecnológico e o handmade. A exposição da cintura em vestidos, na saia lápis e em dupla com top cropped promete ser o must have da estação. A cartela de cores aposta na mescla entre os tons crus terrosos e bege com as nuances do laranja, amarelo, vermelho, coral e preto.

Assessoria: Benedita Comunicação